• Programa de Estágio

Mineração

20/01/2017 08:30

Yamana aumenta a produção de ouro no Brasil em 2016

A Yamana Gold disse que produziu em suas minas no Brasil 417 mil onças de ouro no ano passado. Em 2015, foram 359 mil onças, o que mostra um aumento de 16% na produção. Os dados de 2016 constam de relatório preliminar, divulgado na semana passada.

O resultado melhorado veio principalmente das minas de Jacobina e Fazenda Brasileiro, na Bahia, que produziram respectivamente 120.000 e 71.000 onças em 2016; e da mina de Riacho dos Machados (RDM), em Minas Gerais, que foi adquirida no ano passado e produziu 32.000 onças.

Tanto Fazenda Brasileiro quanto a RDM pertencem à Brio Gold, um spin-off da Yamana Gold, criada em 2014. A Brio opera também a mina de Pilar, em Goiás. A Yamana também produz ouro no Chile, na Argentina e no Canadá.

A produção total de ouro foi de aproximadamente 1,27 milhão de onças, 7 milhões de onças de prata e 116 milhões de libras de cobre. O volume de ouro foi ligeiramente inferior às 1,275 milhão de onças produzidas em 2015. Naquele ano, a produção de prata foi de 9 milhões de onças e a de cobre de 113 milhões de libras. Os dados oficiais de 2016 devem ser divulgados em meados de fevereiro.

"A produção entregue teve custos em linha com as expectativas para o ano todo sendo que os custos totais de vendas por onça de ouro foi de aproximadamente US$ 1.011, e o custo operacional [ou cash, em inglês] e o custo total (AISC) por onça de ouro produzida foi de aproximadamente US$ 666 e US$ 914, respectivamente", diz comunicado divulgado na quarta-feira (11) da semana passada.

Entre os destaques de 2016, a mineradora que tem sede em Toronto (Canadá) citou o lançamento da Brio Gold na bolsa de valores canadense e o avanço do projeto Cerro Moro, na Argentina, que deve entrar em produção no início de 2018.

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.