Mineração

16/01/2018 14:50

Minas brasileiras da Yamana fecham ano com 256 mil onças de ouro

As minas brasileiras da Yamana Gold em Goiás e na Bahia contribuíram com 26,2%, ou 256 mil onças de ouro, para a produção total de 2017, que foi de aproximadamente 977 mil onças de ouro. Os dados constam no relatório preliminar de produção divulgado dia 11 pela mineradora canadense.

A mina de ouro Jacobina, na Bahia, teve produção estimada em 136 mil onças de ouro, enquanto que a mina Chapada, em Goiás, teria produzido 120 mil onças, de acordo com o relatório. No quarto trimestre do ano a produção dessas minas foi de respectivamente, 36 mil e 34 mil onças, cerca de 19,3% do total no trimestre da Yamana, que foi de 259 mil onças de ouro.

A produção total da mineradora ficou acima da meta anual de 960 mil onças de ouro. Enquanto que a produção de prata superou a meta de 5 milhões de onças, em 5 mil onças. A principal mina de prata é El Peñon, no Chile, com 4.282 milhões de onças em 2017. A mina Chapada contribuiu com 253 mil onças de prata.

"A produção do ano inteiro para ouro e cobre excedeu os níveis de orientação [meta] mais elevados estabelecidos em outubro, o que, para o ouro, foi o segundo aumento do ano. A orientação original estabelecida em fevereiro de 2017 foi de 920 mil onças de ouro, 4,74 milhões de onças de prata e 120 milhões de libras de cobre", diz a Yamana no relatório.

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.