• Programa de Estágio

Áreas Licitadas

A CBPM dispõe de importantes jazimentos de vários bens minerais que foram descobertos, pesquisados e selecionados ao longo de quase quarenta anos de atividades da Companhia. Estes bens minerais constituem-se em excelentes oportunidades de negócios para investidores que desejam se estabelecer na Bahia e tornarem-se parceiros da CBPM.

Cumprindo a sua missão de incrementar a exploração mineral no Estado, sendo a principal ferramenta que o Governo dispõe para alavancar este importante segmento da economia baiana, a CBPM vem colocando em licitações públicas inúmeras oportunidades minerais do seu conceituado portfólio.

Desde meados da década de 1980 até 2011, já foram abertos 96 processos licitatórios, envolvendo pelo menos, 23 bens minerais, variando de minerais industriais ao ouro e metais-base. Destas licitações públicas, nove transformaram-se em contrato de arrendamento, 23 estão em fase de pesquisa complementar e dois tiveram contrato de cessão de direitos minerários repassados.

Dentre as licitações públicas realizadas pela CBPM, sobressaem-se, o sucesso das seguintes parceiras: Níquel de Itagibá, explorada e em produção pela Mirabela Mineração do Brasil Ltda. desde 2008; a Bentonita de Vitória da Conquista lavrada pela Companhia Brasileira de Bentonita Ltda. desde 2007, e o Fosfato de Irecê explorado pela Galvani Indústria, Comércio e Serviços S.A. Em fase de implantação do processo exploratório, temos o Vanádio de Maracás e o Ferro-Titânio-Vanádio de Campo Alegre de Lourdes, negociados com a Largo Mineração Ltda, o Ouro de Santa Luz (C1), no Itapicuru negociado com a Yamana; os Insumos Cerâmicos do Recôncavo e do Sul da Bahia, que foram negociados com algumas empresas e que, entre outras, pretendem alavancar a criação dos polos cerâmicos em franco crescimento nas duas regiões. Foram licitadas ainda outras áreas, envolvendo Quartzo/Feldspato em Castro Alves; Areias Silicosas de Alta Pureza em Santa Maria Eterna, Belmonte; Calcários, Talco, Rochas Ornamentais, etc.

A CBPM dispõe de outras oportunidades de negócios, tanto de minerais metálicos, como de minerais industriais, que são oferecidas ao investidor através de licitação pública em áreas com alvarás de pesquisa concedidos pelo DNPM. Boa parte dos depósitos cobertos por estes alvarás teve seus estudos de campo bem avançados, enquanto outros estão em fase de execução e existem alvarás cobrindo anomalias geofísicas, geoquímicas e sítios geológicos de comprovados potenciais para existência de determinadas substâncias minerais. A CBPM dispõe de um corpo técnico, com profissionais de comprovada experiência, para assessorar os empresários interessados, inclusive pela visita a áreas disponíveis para negociação, no acompanhamento da pesquisa mineral e no processo de arrendamento das áreas licitadas. Como órgão do Estado tem facilidade de auxiliar os investidores na tramitação dos processos burocráticos junto aos órgãos congêneres, para implantação dos projetos de exploração destas jazidas. 

A tabela a seguir reflete o histórico e a posição atualizada dos processos licitatórios com o respectivo gráfico ilustrativo, mostrando o número de licitações realizadas anualmente e o estágio atual destes processos. 

Clique na tabela para ampliar



Recomendar esta página via e-mail: